Panquecas ao estilo americano

Dia 13 de junho, sábado, aquela preguiça. O dia anterior confesso que foi um pouco cansativo. Toda essa história de dia dos namorados, flores, presentes, jantar, mimos é ótimo, mas afinal, dá um pouco de trabalho. Ganhei, pra variar, flores lindas do meu amado marido e, como de costume - costume de quase 10 anos - resolvemos não sair para jantar.


Confesso que meu primeiro dia dos namorados me frustou e traumatizou um pouco: uma hora rodando para escolher uma churrascaria cheia que demorou quase duas horas para sentar! Fora o serviço ruim, a comida ruim, aquele monte de gente se acotovelando.... cansei, assim, no primeiro. Desde então, a regra é não sair: correr para casa e fazer algo ali mesmo.

Esse ano então não foi diferente. Passamos no mercado, compramos uns insumos e fomos os dois para a cozinha. No começo, confesso que estava um pouco contrariada - afinal, não são tão fã assim de nhoque... e queria um pouco mais do que um molho ao sugo ou de manjericão. Mas, no final, como sempre, o Fá soube me cativar e fez uma janta maravilhosa!

Bom, depois disso tudo, acordei no dia seguinte com uma vontade imensa de comer algo diferente. Já que não tinha ovos, frios ou queijos, pensei: "por que não panquecas?". E foi isso mesmo que resolvi fazer. Mas não queria as panquecas tradicionais (inspiradas nos famosos crêpes franceses - do latim crispus, que significa crespo). Queria aquelas panquecas grossas, bem americanas (pancakes), com um bom mel e frutas!!!!!!

Em uma breve pesquisa na internet, achei várias e várias receitas... resolvi testar uma na sorte e foi maravilhoso. Fiz a receita como estava escrito (para ver o original, clique aqui), ou seja, sem pesar ingredientes, mas com uma pequena adaptação: adoçante, para uma receita diet (cuidado gente, não é light).



Ingredientes

2 xícaras de farinha de trigo
3 colheres de sopa de açúcar (ou mesma quantidade de adoçante forno e fogão)
1 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de fermento em pó
2 ovos batidos em separado (eu misturei tudo e deu muito certo)
1/4 xícara de manteiga (usei sem sal) derretida
1 e 3/4 xícara de leite

Modo de preparo

Misture os ingredientes secos. Adicione o leite e os ovos (batidos). Quando estiver bem uniforme, junte a manteiga derretida aos poucos, mexendo sempre.
Aqueça uma panela e unte com um pouco de manteiga - para facilitar eu utilizei a mesma panela que eu derreti a manteiga; apenas retire o excesso com um papel toalha. Coloque a quantidade desejada na panela.
Espere formar pequenas bolhas. Quando você notar que as bordas estão firmes (deixaram de aparentar massa crua), com a ajuda de uma espátula, vire e aguarde mais um pouco.

Rendeu 8 panquecas bem servidas, um pouco maiores que um prato de sobremesa.

Comemos de variadas formas: com mel (de eucalipto é mais gostoso) e banana, com manteiga e queijo prato, pura... a imaginação é que manda.

Afinal, foi uma ótima forma de finalizar o dia dos namorados!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfim, macarons

Bavaroise de Capuccino e os segredos do crème anglaise

Geléia ou compota de morango (ou frutas vermelhas)