Fondue de queijo (verdadeiro)

Com esse friozinho, nada melhor do que um belo fondue de queijo. Na verdade, com esse frio que anda fazendo, nada melhor do que uma refeição quente e saborosa, um cobertor bem quente e, se possível (como é o meu caso) dois gatinhos que adoram ficar no colo 'roubando' o calor do corpo.
 


Meu marido já não gosta muito dessas táticas - ele diz que esquenta e tira a graça do frio. Mas não quero nem saber, no inverno uma bela sopa (de preferência creme) ou um saboroso fondue são especiais. Ou seja, Fá, paciência eu quero fondue!
 
 
Mas fondue bom é aquele feito em casa e não aquela massa de queijo disforme, estranha e artificial que se vende nos supermercados. Depois que você experimentar o verdadeiro, garanto que nunca mais vai comprar pronto.
 
Confesso que é um pouquinho mais caro e dá um pouco (bem pouquinho) mais trabalho, mas o resultado vale à pena.
 
Ingredientes
 
1 dente de alho inteiro
200g de queijo gouda ou gruyère
300g de queijo estepe ou emmental
1 cálice de vinho branco (ou meia xícara)
1 colher de sopa de amido de milho
1/2 copo de água
noz moscada
queijo parmesão ralado (opcional)
 
Modo de preparo
 
Corte o dente de alho ao meio, no sentido longitudinal (lado maior). Esfregue a parte cortada do alho na panela, como se estivesse untando-a. Você não precisará mais dos alhos, mas não jogue fora, guarde para outra receita ou coloque em um pote de vidro e cubra com azeite, para fazer um tempero muito gosto para pizzas e afins.
Rale todos os queijos no ralador grosso ou no processador - os queijos são bem moles, então não é tão difícil. Coloque a panela em fogo baixo e vá colocando o queijo ralado aos poucos, para derreter vagarosamente.
Assim que o queijo derreter, junte o vinho. A mistura vai separar em duas partes: uma líquida e outra mais sólida.
Junte de noz moscada a gosto. E, ao final, junte o amido dissolvido na água - isso vai fazer com que as partes líquidas e sólidas tornem a agregar. Misture até obter uma consistência de pasta. Caso fique muito líquido, dissolva mais um pouco de amido de milho em um cálice de água e adicione à mistura.
Se desejar, junte o parmesão (de boa qualidade) ralado.
 
Nunca utilize mozarela, queijo prato, requeijão ou catupiry - os dois primeiros ajudam na formação de fios (que não são desejados no fondue) e os dois últimos endurecem a mistura de uma maneira horrível.

 
Depois é só colocar sobre uma vela ou réchaud com chama branda e comer com pão (italiano, francês, ciabata - você quem escolhe) ou melhor, se enlambuzar! Você também pode servir o queijo com brócolis (ou outros legumes) cozidos, champignons, cebolas ou camarões refogados.
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfim, macarons

Bavaroise de Capuccino e os segredos do crème anglaise

Geléia ou compota de morango (ou frutas vermelhas)