Risoto de gorgonzola com pera - adoro quando é fácil

Adoro fazer risotos... fáceis, práticos e dá para aproveitar tudo que tem na geladeira! E a maioria das pessoas pensa que fazer risoto tem mistério e não tem. Basta um pouco de paciência, para cozinhar bem o arroz, e uma boa imaginação para juntar ingredientes que sempre fica bom.

Só um detalhe, como já disse antes: não é porque vai pro fogão que o ingrediente pode ser sem qualidade ou qualquer coisa, certo?!

Bom, já tinha feito antes esse risoto e foi ótimo para acompanhar com o bife com creme. O sabor picante do gorgonzola contrastou muito bem com a imparcialidade do bife... ótimo! De qualquer maneira, recomendo esse risto com alguma carne mais marcante (bovina ou suína, de preferência) ou mesmo sozinho, para os que gostam. Para os que gostam de aves, só acho que o gosto desse risoto vai sobressair e muito.

Notem que a receita não leva sal, exatamente porque o gorgonzola já tem sal suficiente para o prato.

Ingredientes
2 xícaras de arroz arbóreo
1 pedaço médio de queijo gorgonzola (uma fatia triangular, com cerca 3 dedos de espessura)
2 colheres de sopa de óleo
1 colher de sopa de manteiga
1/2 cebola picada
1 xícara de vinho branco seco
1 litro de água quente
1 cubo de caldo de legumes (ou caldo caseiro de legumes)
2 peras bem maduras
pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo
Numa panela de boca larga, aqueça o óleo. Refogue a cebola e quando ela estiver dourada, junte o caldo de legumes em pedações até disosolver. Refogue o arroz apenas para dar um pouco mais de sabor. 

No fogo baixo, vá acrescentando, AOS POUCOS, a água quente ao arroz, sem esquecer de mexer sempre. Esse é o segredo do risoto: não ter pressa. Coloque um pouquinho de água de cada vez (sempre quente, para não perder temperatura) e toda vez que começar a secar, coloque mais um pouco de água.

Isso vai levar um tempo de 20 a 30 minutos. E você vai notar que o arroz vai começar a crescer e, depois, que ele vai começar a ficar menos branco (o grão cru é bem branquinho). O caldo vai estar grosso, consistente...

Quando isso acontecer, adicione o vinho e continue mexendo.

Enquanto isso, corte as peras em cubos grandes com cerca de 1 cm.

Quando o vinho secar (sair aquele cheiro de álcool), acrescente o queijo gorgonzola e as peras à panela do risoto e misture bem.

O ponto: o risoto deve ser cremoso, mas os grãos de arroz devem estar al dente, ou seja, um pouco durinhos. Porém, se ainda estiver muito cru, continue cozinhando por mais 1 minuto. Se for necessário, junte um pouco mais de caldo e mexa bem. Na última adição de caldo, não deixe secar completamente ou o resultado será um risoto ressecado.

Desligue o fogo, acrescente a manteiga sem misturar e tampe a panela. Neste ponto, todos os convidados devem estar à mesa.

Tempere com a pimenta-do-reino, de preferência moída na hora, mexa o risoto vigorosamente, divida em quatro pratos e polvilhe com o queijo parmesão, cerca de 1 colher (sopa) por prato. Sirva imediatamente.

Nota: Não é necessário temperar com sal, pois os queijos e os cubos de caldo de galinha já são bem salgados.
Para o caldo de galinha
Ingredientes
1 frango grande
3 cebolas pequenas descascadas
3 cravos-da-índia
3 cenouras descascadas e aparadas
3 alhos-porós
2 talos de salsão
6 dentes de alho descascados
4 ramos de salsinha
2 ramos de tomilho
1 folha de louro
1 colher (chá) de sal
10 grãos de pimenta-do-reino
12 xícaras (chá) de água
Modo de Preparo
1. Lave bem o frango por dentro e por fora sob água corrente.

2. Pressione os cravos em uma cebola. Corte em 4 partes as outras 2 cebolas, as cenouras e os alhos-porós.

3. Com um barbante de cozinha, amarre os alhos-porós, os talos de salsão, a salsinha, o tomilho e a folha de louro.

4. Numa panela grande, coloque todos os ingredientes e leve ao fogo alto. Quando ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 1 hora, retirando com uma escumadeira a espuma que se forma na superfície.

5. Retire o frango da panela. O frango desfiado pode ser usado para uma outra receita.

6. Continue cozinhando o caldo por mais 1 hora e 30 minutos. Passe-o por uma peneira fina e deixe esfriar numa panela destampada.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfim, macarons

Bavaroise de Capuccino e os segredos do crème anglaise

Geléia ou compota de morango (ou frutas vermelhas)